segunda-feira, 10 de março de 2014

Estrangeirismos e a influência internacional na Língua Portuguesa

Oi, gente.
Fiquei dias me perguntando qual poderia ser o primeiro assunto para tratar no blog. Por fim, decidi que não seria nada muito sério ainda, mas sim um assunto mais descontraído, mais a título de curiosidade do que de matéria propriamente dita.
Sempre achei muito interessante perceber estrangeirismos, principalmente quando os encontramos acidentalmente, após passar a vida acreditando que as palavras pertenciam mesmo ao nosso idioma. A sensação da descoberta é sempre engraçada, e passamos um tempo rindo de nós mesmos por nunca antes termos percebido isso.
A inspiração para escrever esse post foi justamente um desses momentos reveladores. Fui ao Burger King para lanchar e recebi uns cupons promocionais (creio que vocês já tenham visto alguns desse tipo). Em alguns deles, vinha escrito "Free Refill" (assim mesmo, com dois "L"), fazendo alusão ao refil grátis ao qual eu teria direito com aquele tal cupom. Minha primeira reação foi pensar: "eita, que erro eles terem deixado passar esses dois "L" em refil, hein...", mas logo pensei melhor. Se eles haviam escrito "free" antes disso, talvez estivessem sendo apenas coerentes e mantendo "refil" escrito em inglês. E esse pensamento teria extrema coerência, pois "re" é um prefixo latino que indica repetição (fazer alguma coisa novamente) e "fill", em inglês, significa encher. Ou seja, "refil" (ou, no inglês, "refill") seria, literalmente, reencher, encher novamente.
Agora, pensando melhor e lendo sobre estrangeirismos e idiotismos, não sei qual das duas classificações se adequaria melhor ao termo. Mas, como prometido, esta primeira postagem não entrará em profundas discussões gramaticais. Talvez, depois de ter iniciado a faculdade e debatido isso com algum professor, eu volte a tratar do tópico.

Aqui vai uma lista de mais alguns termos que pegamos emprestados de nossos amigos estrangeiros que você talvez nem desconfie (ou talvez já saiba sim, mas vou citar porque é legal):
Batom - bâton (francês) - bastão.
Blecaute - blackout (inglês) - apagão; ausência temporária de energia elétrica.
Blefe - bluff (inglês) - iludir; enganar propositadamente.
Codinome - code name (inglês) - palavra ou nome usado para se referir a outro nome.
Cuscuz - couscous (francês) - prato árabe originário do Magrebe.
Folclore - folklore (inglês) - literalmente, tradições do povo; sabedoria popular.
Gafe - gaffe (francês) - deslize; descuido.
Inteligência - intelligentzia (russo) - capacidade mental de raciocinar, aprender e compreender.
Nocaute - knock out (inglês) - golpe que derruba o oponente e o impossibilita de seguir a luta (pode também ser utilizado em sentido figurado).

Isso é tudo, pessoal. Até a próxima.

4 comentários:

  1. Sempre gostei de saber a origem das palavras! Adorei!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro esse tema e iríamos longe na lista de palavras.
    Estarei sempre atenta em suas postagens
    Beijão

    ResponderExcluir